Oficina Itinerante já beneficiou aproximadamente 3.500 pessoas

02 de dezembro de 2016 por Associação Reabilitar

Atendimento da Oficina Ortopédica Itinerante. (Foto: Divulgação)

Desde maio de 2016, quando iniciou os atendimentos, até novembro, a Oficina Ortopédica Itinerante do Estado já beneficiou aproximadamente 3.500 pessoas, em 45 municípios do Piauí.

O serviço funciona com uma unidade móvel, com capacidade para realizar 100 atendimentos por dia, contando com uma carreta para a produção de órteses e próteses, além de coletes, botas, palmilhas, sapatos para pé diabético e pé congênito; um micro-ônibus para o transporte de uma equipe técnica formada uma terapeuta ocupacional, dois sapateiros, um projetista e um técnico em ortopedia; e um caminhão para o transporte de meios auxiliares de locomoção, como cadeiras de rodas e de banho, muletas, bengalas e andadores, entregues pelo serviço através do Sistema Único de Saúde (SUS).

A ação é do Ministério da Saúde, através da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), e com administração da Associação Reabilitar, organização social sem fins lucrativos.


Municípios já atendidos:


Floriano, Francisco Ayres, Guadalupe, Jerumenha, Nazaré do Piauí e São Francisco do Piauí
Atendimentos – 575

São João do Piauí, Campo Alegre do Fidalgo, Capitão Gervásio de Oliveira, João Costa, Nova Santa Rita, Socorro do Piauí, Ribeira do Piauí e Pedro Laurentino
Atendimentos – 294

Oeiras, Wall Ferraz, Santo Inácio, Floresta, Campinas e Simplício Mendes
Total de atendimentos: 474

Piripiri, Batalha e Boa Hora
Atendimentos – 1.034

Picos, Itainópolis, Santana do Piauí, Geminiano e Paquetá
Atendimentos – 722

São Raimundo Nonato, Anísio de Abreu, Bonfim do Piauí, Caracol, Coronel José de Dias, Dirceu Arcoverde, Dom Inocêncio, Fartura do Piauí e Guaribas
Atendimentos – 385


Saiba como ter acesso 

Para ter acesso aos serviços da Oficina Ortopédica Itinerante, a pessoa deve ir até a unidade móvel com RG e CPF, cartão do SUS, comprovante de residência com CEP e informar, pelo menos, um número para contato. Ou, ela pode procurar a Secretaria de Saúde do município.


Texto: Cláudia Alves – Comunicação Reabilitar

 

Tags: , ,

© Copyright 2016 - Todos os direitos reservados para a Associação Reabilitar