Ceir pleiteia lote de produtos apreendidos pela Receita Federal para realização de bazar

24 de novembro de 2016 por Associação Reabilitar

Com a promoção de ações associadas ao compromisso social de órgãos públicos, colaboradores e comunidade local, o Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) tem buscado o fortalecimento de iniciativas para ampliar os serviços da instituição. Deste modo, a entidade pleiteia um lote de mercadorias apreendidas pela Receita Federal, com o intuito de realizar um bazar beneficente.

Em visita técnica realizada às dependências do Ceir, nesta terça-feira (22), o delegado da Receita Federal no Piauí, Eudimar Alves Ferreira, destacou as potencialidades da instituição e demonstrou grande otimismo com os projetos desenvolvidos no Centro.

“Fiquei bastante surpreso e satisfeito de ver tantos projetos e serviços de assistência oferecidos à população. Essa primeira parte de nossa análise é uma pré-qualificação, com a realização da visita técnica. Após esta etapa, a entidade precisa formalizar o pedido, apresentando a documentação necessária. Posteriormente, desenvolvemos um cronograma que possa contemplar a instituição com a doação de bens apreendidos pela Receita Federal”, explica Eudimar.

A destinação de mercadorias apreendidas pelo órgão Federal está prevista para Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), conforme a Lei nº 9.790, de 23 de março de 1999. Entre as exigências da Receita Federal, a entidade não deve ter fins lucrativos e ser declarada de utilidade pública municipal, estadual ou nacional.

“Nossa intenção é estreitar as relações do Ceir com a Receita, uma vez que o órgão federal tem um programa de doação de mercadorias apreendidas. Em concretizado nosso pedido, os itens adquiridos poderão ser destinados para realização de bazar, o que favorecerá a ampliação da estrutura física da instituição, aumentando a quantidade de pacientes atendidos, principalmente os com deficiência intelectual, e também, na arrecadação de fundos para o Setor de Voluntariado de nossa instituição”, frisa Aderson Luz, superintendente multiprofissional do Ceir.

Durante a visita técnica, também estiveram presentes a supervisora do Setor de Voluntariado do Ceir, Nazaré Evangelista; o superintendente administrativo financeiro da instituição, Walter Oliveira; a gerente executiva do Centro, Hardiane Martins; além das voluntárias Márcia Brito e Luciane Cerqueira.


Texto: Antônio Fontes – Comunicação Reabilitar

© Copyright 2016 - Todos os direitos reservados para a Associação Reabilitar