Comissão de Transição acompanha compra de equipamentos para a nova maternidade

27 de julho de 2022 por Thais

Associação Reabilitar informou que deve concluir até o final de agosto os processos de compras dos itens essenciais para a conclusão da obra

 

 

O avanço no processo de compra de equipamentos para a nova Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER), em Teresina, foi o principal tema da reunião desta quarta-feira (27), entre os membros da Comissão de Transição. Os primeiros equipamentos com a compra homologada foram para os setores da Lavanderia e Central de Material de Material Esterilizado e devem ser entregues em até 90 dias.

A Associação Reabilitar, gestora da nova MDER, apresentou à comissão os resultados do primeiro processo de cotação de preços, homologado na semana passada. O processo foi concluído em menos de um mês e resultou em uma economia de 22% em relação à cotação inicial de preços, o que corresponde a mais de R$ 1 milhão.

 

Aderson Luz, superintendente Executivo em exercício da Associação Reabilitar, informou ao grupo que acontece hoje a visita dos representantes da empresa Suzuki, vencedora do processo de cotação de preços para equipar a Lavanderia, à obra. Além de conhecer o espaço, eles vão tratar da entrega dos equipamentos e do treinamento dos funcionários. Na semana passada, a mesma visita aconteceu com os membros da empresa Baumer, que vai equipar a Central de Material Esterilizado.

 

“Estamos trabalhando para que, até o final do mês de agosto, estejam em andamento todos os processos para aquisição dos itens que precisam estar instalados no novo prédio, pois há o prazo de entrega dos itens e a instalação deles é necessária para a finalização da obra”, Aderson Luz.  O cronograma de estruturação do novo prédio será enviado à Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi), para o alinhamento com a empresa responsável pela obra.

“A economia para o poder público não é apenas pela compra dos equipamentos por um valor abaixo do que estava cotado, mas também pelos gastos com manutenção, que serão menores porque os itens são do mesmo fabricante. Ou seja, é o patrimônio público sendo adquirido com racionalidade e perspectiva de maior vida útil”, destaca a diretora de Vigilância e Atenção à Saúde da Sesapi, Cristiane Moura Fé.

 

Os próximos equipamentos adquiridos serão os tomógrafos, aparelhos de raios-X e focos para o centro cirúrgico, cujo edital de cotação de preços está publicado e com processo em andamento. A expectativa da Associação Reabilitar é que o resultado desse processo seja apresentado na próxima reunião da Comissão de Transição, prevista para acontecer no próximo dia 10 de agosto.

Tags: , , ,

© Copyright 2016 - Todos os direitos reservados para a Associação Reabilitar - Conheça a nossa Política de Privacidade