Evento científico debate sobre Parkinson nesta sexta (7)

07 de abril de 2017 por Associação Reabilitar

Desde a história sobre a doença de Parkinson ao diagnóstico e tratamento. Nesta sexta-feira (7), profissionais e estudantes estarão reunidos no auditório do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) para debater sobre temas relacionados à doença.

Trata-se da primeira edição do Seminário Piauiense sobre Doença de Parkinson, que ofertará um curso teórico e prático de 14 horas-aula. Os participantes receberão um treinamento para um mutirão que será realizado a partir das 7 horas deste sábado (8), no Ambulatório Azul do Hospital Getúlio Vargas (HGV).

No mutirão serão realizados atendimentos gratuitos para pessoas que sofrem ou têm suspeita da doença de Parkinson. “Uma equipe de profissionais do Ceir está mobilizada para atender juntamente aos estudantes a meta de até 200 pacientes”, explica o médico neurocirurgião Francisco Alencar, um dos coordenadores da ação.

Para ser atendida, a pessoa deve comparecer ao HGV com RG, CPF, cartão do SUS e comprovante de residência. As consultas serão marcadas por ordem de chegada, com uma distribuição de senhas.

Para os interessados que ainda não se inscreveram ou efetuaram o pagamento da taxa de 20 reais do Seminário, serão disponibilizadas 50 vagas para inscrições presenciais, de 17h às 19h, no auditório do Ceir.


Confira a programação:


Sexta, 7


18h – Abertura e Coffee-break

18h30 – História da Doença de Parkinson e Neurocirurgia – Francisco Alencar (Médico Neurocirurgião)

19h10 – Aspectos Clínicos e Treinamento para Mutirão de Atendimentos – Kelson James (Médico Neurologista)

19h50 – Fisioterapia Neurofuncional na Doença de Parkinson – Leonardo Raphael (Fisioterapeuta Neurofuncional)

20h10 – Fonoaudiologia na Doença Parkinson – Edyáurea Barroso (Fonoaudióloga)

20h30 – Terapia Ocupacional na Doença de Parkinson – Bento Almeida (Terapeuta Ocupacional)

21h – Encerramento


Sábado, 8


07h – Mutirão no HGV


Texto: Cláudia Alves – Comunicação Reabilitar

© Copyright 2016 - Todos os direitos reservados para a Associação Reabilitar