Programa de Saúde Auditiva do Ceir completa dois anos

24 de fevereiro de 2017 por Associação Reabilitar

Nesta sexta-feira (24), o Programa de Saúde Auditiva do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) completa dois anos de funcionamento, com mais de cinco mil atendimentos realizados e mais de mil aparelhos auditivos entregues pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O objetivo do serviço, que integra o Programa de Promoção e Prevenção da Saúde Auditiva, do Governo Federal, é cuidar da saúde auditiva de pessoas que sofrem com problemas auditivos nos graus leve, moderado, severo e profundo.

“Caso a perda auditiva seja reversível realizamos o tratamento para que não seja necessário o uso de um aparelho auditivo. Mas quando há a necessidade do aparelho, encaminhamos o paciente para a avaliação de uma equipe multidisciplinar formada por otorrino, fonoaudiólogo, assistente social e psicólogo”, explica Vanessa Almeida, coordenadora do Programa de Saúde Auditiva do Ceir.

Ainda segundo Vanessa, cada profissional tem decisão no processo de protetização do paciente. “O otorrino avalia se a perda auditiva é reversiva ou não; o fonoaudiólogo realiza o exame de audiometria, avaliando o tipo e grau de surdez; e o psicólogo identifica a motivação do paciente para o uso do aparelho”, pontua.

Nesse processo, o assistente social orienta cada paciente sobre os seus direitos como cidadãos e possuintes de deficiência auditiva. A maioria dos pacientes desconhece os seus direitos, a exemplo do passe livre e de benefícios do INSS. Há casos em que pessoas de baixa renda não têm condições de retornarem às terapias, então é realizada a articulação com os municípios para garantir o retorno deles ao Centro.

O diferencial do Programa de Saúde Auditiva é que o Ceir não apenas entrega o aparelho auditivo para a pessoa com deficiência, mas também realiza o acompanhamento em terapias. Ao retornar às sessões, o paciente fala das suas dificuldades e adaptações e tem o seu aparelho ajustado para fazer o melhor uso e aproveitamento.

Mais de 90% dos pacientes são oriundos do interior do Piauí, a exemplo de Carla Lima, de Demerval Lobão. “Recebi meu aparelho auditivo e passei por acompanhamento com a otorrino, um serviço fundamental para a minha saúde auditiva”, finaliza.


Saiba como ter acesso ao serviço:


a) Procure o médico do Programa de Saúde da Família ou credenciado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e solicite uma avaliação auditiva em nosso Centro;

b) Anexe à solicitação do médico as cópias dos seguintes documentos: CPF e RG, cartão do SUS (Cartão Nacional de Saúde), comprovante de residência com CEP e, pelo menos, um número de telefone para contato;

c) Procure o setor de marcação de consultas online do SUS no Posto de Saúde ou Secretaria de Saúde do seu município.

Havendo vagas, o sistema irá informar o profissional, dia e o horário da triagem no Ceir.


Texto: Cláudia Alves – Comunicação Reabilitar

Tags:

© Copyright 2016 - Todos os direitos reservados para a Associação Reabilitar