Ceir recebe ciclo de palestras sobre cardiologia e morte súbita

28 de março de 2018 por Associação Reabilitar

A parada cardíaca súbita fora do hospital com insucesso na ressuscitação cardiopulmonar é a terceira principal causa de mortes em países industrializados. Para debater essa e outras temáticas, o Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) recebeu, nesta quarta-feira (28), ciclo de palestras sobre cardiologia e morte súbita.

Duas autoridades na área de saúde, o Dr. Vinay Nadkarni, do Hospital Infantil da Filadélfia (EUA), e o Dr. Sérgio Timerman, que é uma referência na cardiologia brasileira, conduziram os debates.

O Dr. Vinay apresentou palestra sobre “Paradas Cardíacas em Crianças – como podemos aumentar a sobrevivência”. O profissional ofereceu importantes orientações sobre como reconhecer e conduzir de forma correta o processo de paradas cardíacas, em crianças, adolescentes e adultos.

“É incrível como todas as pessoas podem salvar vidas, inclusive crianças.  Com um treinamento de até duas horas é possível salvar vidas e reduzir possíveis sequelas”, destacou o médico neurocirurgião e superintendente executivo da Associação Reabilitar (entidade social responsável pela administração do Ceir), Francisco Alencar.

Com o tema “Morte Súbita, da Prevenção à Ação”, o Dr. Sérgio Timerman apresentou alguns avanços dos últimos anos nos cuidados cardiovasculares de emergência e ressuscitação. “Quando ocorre uma parada cardíaca ou alguma emergência que ponha a vida em risco, uma resposta rápida e hábil pode fazer a diferença entre vida e morte e entre a sobrevivência intacta e as sequelas”, frisa o médico.

Benjamim Pessoa Vale, presidente da Associação Reabilitar, falou sobre a relevância do trabalho. “Aqui, no Ceir, nós reabilitamos vidas porque acreditamos nas potencialidades e receber pessoas que se preocupam em capacitar o outro para que ele possa salvar vidas, ter responsabilidade social relevante e competências sociais é muito valioso para nós”, diz.

Durante o evento, o governador Wellington Dias e autoridades regionais da saúde assinaram um termo de cooperação internacional para os estudos na área de epilepsia no Piauí, visando à implementação do Centro Especializado em Cirurgias de Epilepsia no Estado. A cooperação será com o Centro de Simulação, Educação Avançada e Inovação do Hospital Infantil da Filadélfia/EUA.


Texto: Andressa Kerllen – Comunicação Reabilitar


 

Tags:

© Copyright 2016 - Todos os direitos reservados para a Associação Reabilitar